sábado, 26 de março de 2011

MOCUBA NO CORAÇÃO

Recentemente aderi a um grupo de ex-residentes e amigos de Mocuba e inevitavelmente as memórias começam a surgir. Ao principio um bocado enferrujadas, pois a idade e o tempo já fizeram esquecer alguns pormenores. No entanto e como alguns de nós têm sempre aquela curiosidade em saber noticias e ver imagens das terras por onde passámos e compartilhámos momentos agradáveis, quer com camaradas quer com civis.
Por tudo isto aqui vou deixar algumas imagens que algumas pessoas ex-residentes ou naturais de Mocuba, partilharam comigo.

Na 1ª imagem, podemos ver a rua principal. Ao fundo o edificio onde estava a messe. Na 2ª imagem o edificio dos Correios.

Nesta imagem podemos ver a D. Beatriz, proprietária da "Palhota" onde muitos de nós íamos almoçar ou jantar. A D. Beatriz primava pela simpatia e pelo sorriso sempre franco.
Nestas imagens podemos ver o complexo da piscina e uma vista aérea da cidade nessa época.
Aqui uma imagem mais recente com as ruas já alcatroadas depois de um longo periodo de tempo em que as ruas mais pareciam as picadas de Chipera.

25 comentários:

  1. Amigo Victor Pessa:

    Pertenci a uma Compª que tinha a sede do Batalhão em Mocuba.

    Quis o destino que conhecesse esta vila, por um motivo muito especial que passo a explicar.

    Em Junho de 1974, e praticamente em cima do matabicho, fui com um grupo de combate destacado para Mocuba para guardar os PIDES/DGS que operavam na Zambézia (83 elementos) que foram encarcerados numa quinta à espera que lhes fossem assacadas culpas, para irem depois para a Machava, os outros vieram para a Metrópole.
    E foi por este motivo que conheci Mocuba, e onde aprendi a beber GIN TÓNICO.

    RECORDAR É VIVER.

    Francisco Dores

    ResponderEliminar
  2. Mocuba actualmente é uma cidade mais civilizada, onde as ruas passaram a estar alcatroadas, depois de um longo período, só com buracos. Pelas fotos actuais pode-se observar o novo aspecto das vias principais. VP.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também estive em Mocuba e vivi lá durante 5 anos. Não foi como tropa porque além de não ter idade, sai de lá com 14 anos ,as mulheres ainda não iam à tropa. Foi dos melhores momentos da minha vida. Fico muito contente de ver as ruas alcatroadas e por poder revisitar através das fotos bons momentos e espaços da minha vida .Obrigado . Helena

      Eliminar
    2. Tem no Facebook o grupo Mocuba Mocubenses e amigos -com muitas fotos recentes e antigas e pessoas que passou por Mocuba

      Eliminar
    3. Tem no Facebook o grupo Mocuba Mocubenses e amigos -com muitas fotos recentes e antigas e pessoas que passou por Mocuba

      Eliminar
  3. Em Mar.2004, juntamente com outro casal fizémos uma digressão por Moçambique para mostrar-mos ás nossas mulheres os locais onde tinhamos feito a Guerra. O meu companheiro era o Carlos Lopes da CCS do BINF 3886 que tinha lá estado em 72. Não entrámos mas estivémos á porta do Quartel que ainda o continua a ser. Ao visitarmos as Piscinas foi impressionante o encontro inesperado com um preto de nome Capilé que segundo percebi já era no tempo da Guerra e e continua a ser uma pessoa com alguma influencia naquela vila. Ficámos instalados na Pensãp Cruzeiro que por acaso se vê perfeitamente numa das fotos inseridas nete site.
    Mocuba que só conheci nessa altura estando toda ela muito degradada como aliás todo o Moçambique ve-se perfeitamente que no passado devia ser uma linda cidade e com uma boa quaidade de vida. Um bom exemplo disse será aquele complexo das piscinas agora em ruínas que ainda hoje (2011), muitas capitais de Distrito deste Portugal a que temos que pertencer gostaria de ter.
    Batista

    ResponderEliminar
  4. Apenas uma correcção.

    A CCS do BCAÇ 3886 esteve em Mocuba em 1974 enão em 1972 (que estava na Chicoa/Tete )

    ResponderEliminar
  5. Amigos Companheiros de luta, também eu estive em Mocuba em 73 e 74, lembro-me da CCS do BCAÇ. 3886 trabalhei muito com eles, eu era condutor do Comando do Agrupamento 6007 e gostava de encontrar muitos com quem convivi do BCAÇ. 3886 e como a memória já me falha não quero ofender nenhum camarada mas vou nomear alguns de que melhor me lembro: o Pope (enfermeiro) o Dias Mecânico o Alipio o Costinha. e aqueles que andaram comigo na escolta ao Major Areias por maganja da Costa Gilé e outras terras que agora me passam. se agum destes amigos ler esta mensagem, contacte-me o que muito agradeço Fernando Miguel Custódio fmcustodio1@hotmail.com

    ResponderEliminar
  6. Pertenci ao Bat.Caç. 1878 que esteve em Mocuba em 1966, tendo nela permanecido cerca de 11 meses. Lembro-me da estação dos caminhos de ferro, da ponte sobre o rio, do pavilhão onde se jogava futebol de salão, do fotógrafo onde tirei a fotografia com o fato de gala de furriel. Lembro-me muito bem do quartel. São fundamentalmente estas últimas instalações que tenho procurado e nunca as encontro. Gostei do que vi e agradeço o me ter feito reviver alguns bons momentos passados na então Vila de Mocuba.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Bat. Caç. 1878, realiza todos os anos desde 1969, um almoço de confraternização a 16 de Março, ou no domingo mais próximo dessa data, talvez este anónimo ex-furriel, não tenha conhecimento. ai devia encontrar algum ex-combatente, que tenha fotos ,que lhe possam mostrar. Se fosse da Comp.ª Caç.. 1504 estava servido. Recomendo ao anónimo, telefonar para o seu colega Sabino 219132373 ou Tomé 218146344.

      Eliminar
    2. Também fiz parte do 1878 - CCS em Mocuba

      Eliminar
    3. Amigo se ainda não conseguiu comunicar com o Sabino ou com o Tomé. Podes entrar em contacto comigo através do Facebook . Afonso Fernandes

      Eliminar
  7. Eu sou o coelho do pelotão de intendência estive em Mocuba de Março 1972 a Maio de 1974. Acabei de ler o artigo do amigo António Batista e quero recordar que esse dito capilé que ele encontrou era assalariado no meu lá na intendência assim como o João o Matine e outros.
    Como estive todo o tempo da comição em mocuba lembro-me perfeitamente de todos os cantos daquela Cidade e também convivi com todos os soldados dos batalhões que por lá passaram, porque o nosso quartel era o ponto de passagem entre a Cidade o P.A.D. e o comando gostava de um dia poder matar saudades. Mocuba é terra maravilhosa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu cheguei ao PINT de Mocuba em 25/04/1974,sou o Gomes.

      Eliminar
    2. Lembro-me perfeitamente da vossa chegada, vós tiveste uma linda recepção à semelhança do que tinha acontecido com nosco, o tempo que passamos foi pouco não deu deu para vos conhecer, mas ficaram lá bons amigigos africanos, eu era muito amigo do tonecas jogavamos muito à bola juntos.

      Eliminar
    3. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

      Eliminar
    4. Meu caro Anónimo, pena não ter mencionado o ano em que esteve na antiga Mocuba de ruas não asfaltadas. Eu fiz parte do destacamento militar de Mocuba, que era composto por um pelotão de africanos, que depois se juntaram mais 2 pelotões vindos de Nampula e passado algum tempo e passado algum tempo chegou um grupo de soldados sapadores comandados por um 2º sargento que foram construir um novo aquartelamento para receber o 1º. Batalhão ido da Metrópole, comandado por um Major da ilha Terceira. Nessa altura eu o(açoreano)e o Silva de origem mestiça da cidade da Beira jogámos futebol na equipa da Associação Recreativa de Mocuba que com a chegada do Batalhão foi reforçada por mais 5 jogadores militares, o guarda redes Fura, o defesa João e os avançados Fiat 600, Carlitos e Cruzeiro, se algum ou alguns destes elementos lerem esta mensagem me contactem através do e-mail helderho2@gmail.com e se tiverem interesse na foto da equipa dessa época eu possuo. Grande abraço (o açoreano)

      Eliminar
  8. Alguem se recorda, quando faziamos uma patrulha e ficamos sem gasoleo, quem era o condutor?
    Havia um muito alto de nome Julio que era de Valença do Minho.
    Havia outro de Valença que reparava radios José Maria Silva De Valença do Minho.
    Abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. juliodaconceicao1950@hotmail.com

      Eliminar
  9. Julio Da Conceicao o grande conhocido o Coura estive en chicoa en 1972 pertencia a ccs recordo todos meus amigos

    ResponderEliminar
  10. Tamos crescendo a passos bem altos.

    ResponderEliminar
  11. Mocuba fins de 71 7fevereiro 72 bons petiscos que a malta comia na PALHOTA, belos tempos!!!! Um Abraço
    ccs Batalhão 2908

    ResponderEliminar
  12. o meu pai esteve em mocuba e no lle em 1974 David Rosa.. email jorginho23@msn.com

    ResponderEliminar
  13. Mocuba eu também lá estive 11 meses, era da CCS do 1878, apesar de ter as ruas em terra batida tinha a celebre palhota e outros onde se comia bem, numa delas tinha um empregado que era do Marco de Canaveses, e como meu falecido pai era natural de lá meti -me à fala com esse amigo, e safei-me na alimentação isto em 1966, aqui tive um desastre de jeep caiu abaixo da ponte ao rio Lugela antes tínhamos ido a Mocuba Sisal, onde era o matadouro essa nunca mais me esquecerá na vida, depois andar para Mueda.

    ResponderEliminar
  14. Fico agradecido por ter publicado no vosso espaço .
    Obrigado, abraço a todos

    ResponderEliminar

O BCaç 3843 agradece o comentário.