terça-feira, 7 de junho de 2011

ECCE HOMO (Partilha de história de guerra)

Caros ex-Combatentes!

Venho com muito gosto, convidar-vos a visionar uma história de guerra por mim vivida há mais de 40 anos, em Tete, Moçambique, e que ainda está à espera de conhecer um epílogo: procuro um ex-guerrilheiro da Frelimo para lhe dar um abraço e devolver-lhe algo que lhe pertence.
Se gostarem conforme espero, nesse caso peço-vos por favor que divulguem este episódio. Há um conjunto de razões com raízes fundas em mim que me levam a fazer-te este pedido.
Uma dessas razões facilmente a descortinarão através do visionamento do vídeo publicado no Youtube.

Entretanto, permitam-me ainda chamar-vos a atenção para um detalhe relevante da história. Trata-se de uma imagem do referido guerrilheiro que segue em anexo. Eu não costumava levar máquina fotográfica para as operações, mas dessa vez aconteceu. Ainda bem, digo-o agora.


A imagem (para mim) é dolorosa por destapar um dramatismo não ficcionado. Se a tivesse de legendar, escreveria: Ecce homo - Eis o homem a quem devo o rádio e um abraço.
Grato pela vossa atenção, envio-vos um abraço de camaradagem.
Jaime Froufe Andrade.
Telem. 93 93 20 807

1 comentário:

  1. Parabéns ao Victor Pessa pelo modo como publicou esta peça. É caso para dizer que ficou Pessa com peça...
    Falando mais a sério, o Victor ao optar pela inserção das minhas palavras e do meu apelo aos ex-Combatentes conferiu mais veemência e verdade ao assunto.
    Um abraço de camaradagem a todos Vós.

    Jaime Froufe Andrade

    ResponderEliminar

O BCaç 3843 agradece o comentário.