sábado, 3 de agosto de 2013

Antigos Combatentes da Guerra do Ultramar, agora Sem Abrigo

Pobre Pátria que tão ditosos filhos perdeste.

É lamentável ver ex-camaradas nesta situação, quando deram tudo pela Pátria e a mesma nem está interessada em saber que existem.

Não esqueçamos que o Estado Português nunca reconheceu os ex-combatentes como sendo seus filhos. Antes pelo contrário, abandonou-os à sua sorte mesmo antes de terminada a guerra colonial.

Muitos foram os que lá ficaram enterrados em pleno mato.
Os ex-combatentes foram completamente abandonados pelos diversos governos e muitos deles condenados a miséria.

Ditosa Pátria, que tão ditosos filhos tiveste, Pobre Pátria que tão inditosos filhos te restam.


6 comentários:

  1. Segundo é afirmado nas constantes alocuções,proferidas pelas altas patentes,todo o apoio é prestado aos antigos combatentes carenciados!!! E esta hem?

    ResponderEliminar
  2. É esta a ditosa Pátria minha amada !?!?!?!?!?
    ass.:um combatente votado ao ostracismo.

    ResponderEliminar
  3. A demagogia, dos arautos apoiantes em prol dos combatentes sem-abrigo,é de fazer chorar as pedras da calçada!!! TENHAM VERGONHA!

    ResponderEliminar
  4. A demagogia,dos arautos apoiantes dos combatentes sem- abrigo, faz chorar as pedras da calçada. TENHAM VERGONHA!!!

    ResponderEliminar
  5. A demagogia do MDN vai terminar quando?

    ResponderEliminar
  6. é uma vergonha nacional
    estes governos de crianças, não sabe o que é ser patriota
    ir para uma guerra que não era nossa, mas á qual tínhamos o dever de dizer presente
    foi o que fizemos.
    muitos dos nossos camaradas ficaram lá, enterrados pelo mato fora
    Nós não eramos políticos, se fossemos tínhamos fujido como os Manueis Alegres etc.
    Mas... como cumprimos o nosso dever para com a Pátria, somos abandonados
    UMA AUTENTICA VERGONHA

    ResponderEliminar

O BCaç 3843 agradece o comentário.